quinta-feira, 21 de julho de 2011

Passeio a Urubici


UM BELO PASSEIO - URUBICI


Realmente nosso Estado de Santa Catarina é lindo!

Passamos a semana em Urubici (950 m de altitude). Não foi a primeira vez e, queria Deus, que não seja a última. É um lugar encantado.

Dessa vez não nevou nem teve geada, mas ainda assim é um passeio espetacular.

Novamente ficamos hospedados na pousada “Serra Bela”, da Mariléia e do Roberto. Não fica a dever para similares em países de primeiro mundo. Atendimento ótimo, acomodações muito boas e comida deliciosa.

Como sempre, visitamos os “locais de sempre”: Morro da Igreja, Cascata do Avencal, as inscrições rupestres e, depois de muito tempo (a única vez que havia passado por lá foi em 1975), a serra do Corvo Branco. Já subi e desci várias vezes a Serra do Rio do Rastro, que é maravilhosa. A do Corvo Branco também é maravilhosa, mas que a gente fica com medo, nem se discute. E, na volta para Urubici, encontrei um caminhão, desses tipo baú, de uma empresa de móveis. O motorista deve ser um dual de habilidoso/louco.

No Morro da Igreja o altímetro marcou 1.825 metros de altitude. Segundo dados divulgados pela companhia de turismo que lá opera, do meu ex-aluno Graxain, a temperatura média anual é de apenas 11ºC, e é o ponto habitado mais alto da região Sul. Lá foi registrada a temperatura mais baixa do Brasil: -17,8ºC, em 29 de junho de 1996 (registro oficial), embora haja relatos de que a temperatura teria chegado a -20ºC, com uma sensação térmica de -46ºC. Há duas semanas, a sensação térmica chegou a incríveis -35ºC. Em seu cume estão as antenas de controle do tráfego aéreo do sul do Brasil (CINDACTA). De lá se avista a “Pedra Furada”, formação natural que é uma das atrações do Parque Estadual da Pedra Furada, dentro do qual se encontra o Morro da Igreja.
No domingo, 13 de Abril de 2008, o vento atingiu 178,9 km.h (49,7 m/s) no alto do Morro da Igreja. Esta velocidade é possivelmente a maior já registrada em estação meteorológica no Brasil e atinge o patamar de um furacão categoria 2 na escala Saffir-Simpson.

Pela Serra do Corvo Branco passa a “rodovia” SC 439. O “rodovia” está entre aspas porque, na realidade, a serra em si é apenas uma pequena estrada de chão batido, com muitas pedras e necessitando urgentemente de manutenção. Antes da subida (trecho Urubici – Grão Pará) existe um trecho asfaltado e, mas para chegar ao cume, onde está o maior corte em rocha no Brasil com 90 metros, o motorista tem de passar por um trecho bastante ruim. Na região do corte na Rocha e na parte mais sinuosa da descida também há asfalto, mas isso não impede de ser uma estrada absolutamente perigosa. Sua travessia é uma aventura e tanto!

A denominação, Serra do corvo Branco, deve-se à existência de aves do mesmo nome da região (também chamado de urubu-rei).

A altitude no cume é de 1350 m.

Infelizmente uma constatação absurda: a quantidade de lixo em todos os caminhos (Avencal, Morro da Igreja, Serra co Corvo Branco) é enorme. É sempre possível avistar, nas margens dos caminhos, detritos plásticos, latas de cerveja/refrigerante, garrafas PE, etc. No mirante da Serra co Corvo Branco, além de sacolas com latinhas, até uma fralda descartável tinha sido jogada do ponto mais elevado, ficando presa nas galharias das árvores perto do precipício.

São insanos homenídeos, que maculam com seus comportamentos de bestas lugares que a mãe natureza deu-nos como sagrados.

Que pena!!!

E, também, nossas autoridades (in)competentes permitem que as estradas estejam péssimas (ligação Bom Retiro – Urubici). Como fortalecer o turismo se a infra-estrutura é horrorosa.

Porque Gramado-Canela são muito mais procurados do que Urubici-São Joaquim?

A seguir algumas fotos, para a gente “babar”!

Peço a quem usar as fotos, que cite a fonte.

Abraço a todos

Edson (Cebola)



Foto 1 - Serra do corvo Branco. A fenda, feita na rocha, possui 90 m de altura.
Foto 2 - olha eu!!!

Foto 3 - um caminhão, dos grandes, desceu nesse dia. Com a "ranger" 4x4 já é difícil!! Loucos!!!!

Foto 4 - "A Taberna" - o melhor restaurante de Urubici. Do Fernando (Marreco), um carioca que apareceu em Fpolis no início dos anos 70. Surfista e empresário, radicou-se por lá e hoje pega onda em corredeiras.
Experimenta uma "truta à portuguesa"!!



Foto 5 - Pousada "Serra Bela". Um luxo!! Da Mariléia e do Roberto. Como é bom a gente ser bem atendido!

Foto 6 - O Canto do Sabiá. O melhor "café da tarde" da região. Experimenta os wraps!

Foto 7 - Cascata "Véu de Noiva". Linda!

Foto 8 - Urubici - vista da beira da rodovia que liga Urubici a São Joaquim.

Foto 9 - Pedra Furada, no Morro da Igreja. O lugar parece sagrado!

Foto 10 - Incrições rupestres. Pena que já foram vandalizadas!

Foto 11 - Cascata do Avencal. Vista da beira da rodovia.

3 comentários:

Dr. Guilherme Larroyd disse...

Urubici sempre vale o passeio, ainda mais quando a hospedagem é na Serra Bela. Minha família adora ir lá, meu pai fez a planta das casas e cabanas e a Mariléia e o Roberto são ótimos mesmo! Abração Cebola!

PAULOCOELHOFLN disse...

Olá Cebola, realmente o visual da Serra do Corvo Branco é muito lindo e saber que esse corte de 90 metros foi feito com picaretas é de espantar.
É uma pena que muitos dos ditos turistas de inverno vão à verdadeiros santuários e os tratam como se fossem a lixeira da sua casa.
As nossas "autoridades" não estão nem aí para conservação de estrada que não tem grande fluxo diário de veículos e não adianta acreditar que um dia eles vão abrir os olhos para isso.
Gramado é o que é até porque todos os prefeitos que assumem a cidade não podem fazer diferente dos antecessores ou seja garantir a prosperidade da cidade com o que eles tem de melhor, suas belezas, sua limpeza e uma excelente divulgação.
Um abraço
Paulo Coelho

Edson Osni Ramos (Cebola) disse...

É,amigo Paulo, o corte na pedra impressiona. Na pousada onde estive existem fotos das equipes de trabalho, em 1939. A maioria dos operários eram caboclos da região (muitos com feições de bugres e cafusos). E o trabalho feito foi sensacional!
E quanto ao lixo, é realmente lamentável que a mãe natureza seja tão vilipendiada por insanos!